O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

A política e a mídia. A simplicidade (mínima) de divulgar o bem

A política é simples, porém existem políticos que a complicam e decepcionam muito. Vejam bem, o Brasil possui mais de centenas de deputados federais e estaduais, prefeitos e vereadores, governadores, senadores, e diversos cargos de confiança, como secretários e ministros. Nesse sistema político, o certo seria que todos fossem pessoas de bem, honestas, com intenções de melhorar a qualidade de vida de toda a população, e que realmente trabalhassem representando o povo que os elegeu. Deveriam governar de maneira responsável e competente administrando a máquina popular.

É necessário entender que os impostos são pagos pelo povo e que esse dinheiro, então, é público, e o próprio povo, de forma democrática, elege um representante para governar em prol da sociedade, assim sendo, esses políticos deveriam também fiscalizar esse processo e trabalhar a favor da sociedade que os elegeu.

Oras, o sistema é simples, existe uma cidade, um estado e um país, neles é necessário um líder eleito para administrar de forma honesta, mas o que acontece é que, ao longo dos tempos, o sistema não funciona como deveria, por culpa de alguns políticos que se corrompem quando chegam ao poder.

A ganância pelo dinheiro e a certeza da impunidade são as principais causas, e, assim, alguns acham que o que está errado é a política, e não é! A política é saudável, o que estraga é quem a administra mal. Devemos sempre é acreditar que nós somos os responsáveis por quem administra nossa política, nós que os colocamos lá.

Bem, outra grande responsável por esse processo é a mídia. A imprensa relata de forma competente os casos de corrupção, mas de forma irresponsável transmite a informação de maneira que generaliza toda a classe política. Ela deve, sim, expor os políticos corruptos para que a justiça faça seu dever e não fazer com que o restante dos políticos levem a imagem de alguns infelizes.

Está na hora da nossa grande imprensa começar a falar e divulgar mais os bons políticos e tudo aquilo que ele faz de bom para nossa convivência.  O engraçado é que de dois em dois anos existe eleição para esses cargos políticos e sempre todos os candidatos se dizem honestos e cheios de boa vontade para ocupar essa posição de líder. São tantos que realmente fica difícil saber em quem acreditar e depositar a confiança.

Vivemos num país rico e, mesmo assim, de terceiro mundo, com pobreza, miséria, desigualdade social, desemprego, violência, falta de saúde pública, educação, saneamento básico, entre diversos outros problemas, que parecem nunca diminuir, pois todos os anos de eleição os discursos são sempre os mesmos, que tudo isso agora vai acabar. Mas nunca nem sequer diminui...

Oras, será que só o sistema político está errado? Será que não existe líder popular honesto?  Olha, para quem não “curte” a política, saiba que nem tudo é o que parece. Existem, sim, políticos honestos que sonham com uma nação orgulhosa de seus representantes, mas eles não são divulgados publicamente pelos canais de comunicação, talvez por não vender notícia.

A solução para melhorar a qualidade de vida da nação é que todos os discursos políticos sejam colocados em prática com eficácia e honestidade, para isso, é necessária uma atenção maior da mídia em promover essa mudança, esse espírito de reforma verdadeira no quadro político atual, inspirando novos líderes a serem os políticos de honra e orgulho de amanhã. 

 

Falando em Desperdício – Puxa vida, depois o prefeito diz que a imprensa o persegue... Mas, infelizmente, sua administração continua errando cada vez mais. Às vezes, parece de propósito! Algum tempo atrás, já pagaram mais de um ano de aluguel de um prédio sem usá-lo (Semads). Atualmente, estão pagando o aluguel de outro imóvel já há alguns meses e também sem usá-lo (Secretaria da Saúde). E, agora, para o espanto de todos, acabaram alugando um prédio para um Centro Cultural, pagaram alguns aluguéis, não usaram o prédio e desistiram do projeto.

 

Falando Nisso – Onde está o planejamento e a responsabilidade? Será que não visitaram o prédio antes de alugá-lo? Parece brincadeira... Cadê o responsável por isso? Parece que estão brincando com o dinheiro público...

 

Falando em Pesquisa – Meu amigo Pedro Fabrini publicou em seu facebook uma pesquisa (tendenciosa) sobre a eleição de Bragança. É, Pedrão, sei não, hein?! Que eu saiba divulgação de pesquisa dessa forma não pode. Mas como aqui em Bragança tudo tem dois pesos e duas medidas, o resultado dessa pesquisa tem vários pesos e várias medidas... Se é que vocês me entendem...

 

Falando em Estrada – Mais uma conquista do deputado Edmir Chedid para nossa região. Trata-se da recuperação da pista e acostamentos da Rodovia João Hermenegildo de Oliveira, (SPA-009/10), Variante do Guaripocaba. O edital de licitação para obras já está em fase de elaboração e deverá ser publicado na próxima semana. Os serviços de recapeamento e as obras de pavimentação dos acostamentos estão orçados em mais de 20 milhões e o prazo para o término da obra é de nove meses.

 

Falando em Grana – Caraaaaaamba! E a empresa Tecdet, essa mesma que cuida dos radares da nossa cidade e comanda todas as multas que recebemos em casa, está recebendo da Prefeitura um “pequeno” aditivo de mais de um milhão e trezentos mil reais! No total, a empresa poderá receber mais de 11 milhões da atual administração para poder “administrar” o nosso trânsito, ou melhor, nossas multas. Que beleza, hein?!

 

Falando Nisso – Até no Jô Soares apareceu uma propaganda que ele mesmo comentou sobre um Pai de Santo, um tal de Pai Chico, que dentre todos os milagres no cartaz prometia... “Para os bragantinos, faço sumir as multas!” Bragança já virou piada nacional com sua fábrica de multas.

 

Falando em Futebol – Olha só, se o time do meu Palmeiras continuar desse jeito, a diretoria deveria fazer uma promoção nos jogos. Quem for com a camisa do Palmeiras paga meia, quem for com a camisa e o calção entra de graça e quem for com o uniforme completo joga no time...

 

Falando em Eleição – Candidatos continuam correndo. Alguns só não sabem para onde! O dia “D” está chegando e tem candidato desesperado procurando parceiro, pois, sozinho, sabe que não sairá do lugar. 

 

Falando Nisso – Se continuar desse jeito, vai ter candidato entrando na Internet em sites de busca de parceiros para ver se completa sua chapa.

 

É OURO! – Meu aniversário – Quero agradecer, a todos que carinhosamente gastaram um tempinho do seu dia pra me desejar parabéns na passagem de meu aniversário. Mais de 1.600 mensagens recebidas por e-mails, facebook, sms, telefonemas etc. E deu muito certo, pois foi um dia muito feliz mesmo. Agradeço a todos e que Deus dê em dobro tudo que me desejaram! Sou uma pessoa muito feliz, feliz mesmo, pois tenho pessoas maravilhosas que me cercam. Uns bem de perto... Uns de longe... Não importa a distância e, sim, o carinho... Isso é um presentão de Deus pra minha vida. Muito obrigado mesmo!

 

É LATA! – Time do Bragantino... Meu Deus, como está difícil, hein?! Olha, achei que seria difícil encontrar um time que estivesse jogando pior que o meu, mas o Bragantino conseguiu! O Time só não está pior que o número de torcedores que estão indo ao estádio... Bem, cada time tem a torcida que merece!

 

Frase –Em política, a comunhão de ódios é quase sempre a base das amizades”

 

Reflexão da Semana – “Amizade é como música: duas cordas afinadas no mesmo tom vibram juntas”

 

Piada

— Um oficial iraquiano chama os oito sósias do Saddam e diz:

— Tenho boas e más notícias. A boa notícia é que Saddam está vivo.

Todos os sósias comemoram. E o oficial completa:

— A má é que ele perdeu um braço.

 

Até a semana que vem!

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player