Ministério da Saúde habilita Central de Regulação do SAMU em Bragança

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Ministério da Saúde habilita Central de Regulação do SAMU em Bragança

Por meio de portaria publicada no dia 31 de maio último, o Ministério da Saúde (MS) habilitou a Central de Regulação Médica do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) em Bragança Paulista. Com isso, fica garantido o repasse anual de R$ 1,2 milhão apenas para o município. Além disso, as demais cidades que compõem o serviço também receberão repasses do governo federal.

Conforme a portaria publicada pelo MS, Bragança receberá R$ 49 mil mensais para manter a Central de Regulação. Para a manutenção de cada uma das duas unidades de suporte básico será enviada a quantia de R$ 12.500,00 e mais R$ 27.500,00 para a manutenção da unidade de suporte avançado.

Atibaia receberá repasses mensais de R$ 27.500,00, pela unidade de suporte avançado, e mais R$ 12.500,00, por uma unidade de suporte básico.

Bom Jesus dos Perdoes, Joanópolis, Pedra Bela, Piracaia, Tuiuti e Vargem receberão, cada uma, R$ 12.500,00 para a manutenção de suas unidades de suporte básico.

Com isso, o governo federal investirá no SAMU da Região de Bragança Paulista R$ 216.500,00 mensais e R$ 2.598.000,00 por ano.

Os recursos serão repassados aos Fundos Municipais de Saúde de cada cidade abrangida pelo programa.

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player