O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Proibição de natação nos lagos urbanos é aprovada em primeiro turno

Na última terça-feira, 27, os vereadores aprovaram todas as matérias em pauta. Sem contar com a presença dos vereadores Dito do Ônibus, Fabiana Alessandri, Marcus Valle e Mário B. Silva os projetos foram votados sem discussões.

Em segundo turno, os vereadores aprovaram: o projeto de autoria do vereador Mário B. Silva, que altera dispositivos da Lei Orgânica do município, tornando públicos todos os votos na Câmara, à exceção daqueles que, eventualmente, possam ter o caráter secreto por força de lei hierarquicamente superior, adequando-se, inclusive, aos comandos da Emenda Constitucional 76, de 28/11/2013, proposta que teve um voto contrário, do vereador José Gabriel Cintra Gonçalves; e o projeto de lei complementar, de iniciativa do prefeito Fernão Dias da Silva Leme, que dispõe sobre alteração na lei que doou terreno à empresa Barile Indústria e Comércio de Artefatos de Metais Ltda., proposta que recebeu aprovação unânime.

A moção da vereadora Rita Valle, que pede ao Executivo estudos visando à criação e implantação do Centro de Voluntariado no município de Bragança Paulista foi aprovada por unanimidade.

Já o projeto do vereador Marcus Valle, que proíbe a natação e a prática de esportes náuticos nos lagos urbanos, foi aprovado por unanimidade, mas com uma emenda, que permite, excepcionalmente, a prática de esportes náuticos em eventos realizados no município e que sejam acompanhados por profissionais. Além disso, ela afasta a necessidade de acompanhamento dos pais nesses eventos, sendo suficiente para tanto a expressa autorização dos responsáveis.

Também foi aprovado de forma unânime e com elogios por parte do vereador Paulo Mário Arruda de Vasconcellos, o projeto de autoria do prefeito que pede autorização do Legislativo para celebrar convênio de cooperação com Cartórios de Serviços Notariais, Cartórios de Registro de Imóveis e com a Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo (Arisp), para intercâmbio de informações por meio eletrônico. De acordo com o vereador Paulo Mário, a medida é solicitada há mais de 30 anos e vai modernizar a Prefeitura.

Com um voto contrário, do vereador Natanael Ananias, foi aprovado o projeto que inclui no Calendário de Eventos do município o evento denominado Grito Rock, de iniciativa do vereador Quique Brown.

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player