O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

A mãe nossa de cada dia

É, mãe, sinto até hoje que nossos cordões umbilicais não foram cortados. Vivo constantemente ligado a você. Mãe isso, mãe aquilo, e lá está minha mãe, chamando a atenção de quem pede atenção. Esta nossa proteção diária e divina que nos pegou no colo e mesmo quando mais velha afaga nossos cabelos, que, mesmo estando brancos, pedem suas mãos trabalhadas a nos acariciar.

Mães, com suas preocupações carregadas de orações para com os filhos que, nem sempre, lembram-se de avisá-las, de se preocupar com o que poderá advir de seu esquecimento, de sua falta de preocupação! E lá estão elas, ocupadas em nos proteger de qualquer coisa que possa nos acontecer, abraçadas em suas preces, nas suas conversas diárias com Deus.

Assim, óbvio, Deus ouve nosso pedido sempre por último, pois nossas mães estão lá, rezando tanto por nós que Ele as ouve primeiro, nos socorre e só depois verifica o que queremos. Nosso Anjo da Guarda em constante proteção é esta mãe de terno coração! 

Mãe, sofrimento constante e amor eterno. Mãe, único e verdadeiro amor. Um amor tão grande e que cabe perfeitamente neste diminuto coração materno, pequeno por fora, imenso, elástico por dentro!

Mãe, mulher verdadeira, pura, audaz, forte, e eu apenas um de seus cinco filhos, cheio de falhas, que provavelmente, mesmo sem intenção, algumas vezes a fiz chorar e sofrer... Filhos, eles não mudam. Serão sempre os que correm para agarrarem-se à barra de suas saias, onde secam seus olhos nos momentos tristes, onde se apegam nos momentos em que caem, sem forças para se recuperar.

Mãe, minha fortaleza, meu ser, minha alma e minha vida! Eu, apenas um filho que gostaria de te dar o maior e mais precioso tesouro do mundo. E, por ser filho, queria que a nossa distância não passasse de um simples estender de olhares. Mãe, infelizmente, não posso te dar tudo isso, mas o tesouro de Deus posso te enviar em pequenas e singelas palavras que explodem o coração e altivam a alma, te colocando no posto sagrado de mãe! Este é meu eterno presente, que não tem preço e o tamanho é imensurável,  dar todo o meu sentimento que, com certeza,  não chega a uma fagulha do seu por mim.

 

Falando em Dois Pesos – Olha, todo o Brasil está acompanhado a tragédia com o Pedro, filho do cantor Leonardo, eu também, porém, sou contra usar da fama e da mídia para benefício próprio, eu não concordo. Fato é que o tratamento dado ao Pedro é o tratamento que, na verdade, deveria ser dado a todos os cidadãos brasileiros, fato este que não ocorre, ou será que você ja viu pararem todo o trânsito de uma grande avenida em São Paulo, em plena hora do rush, para passar uma ambulância do SUS? Duvido, pois isso só acontece aos “interessantes”. Que Deus proteja Pedro e todos os Joãos e Josés.

 

Falando em Aluguel – A Prefeitura alugou um prédio nas imediações da Fesb no Jardim Júlio Mesquita para o funcionamento da Secretaria de Saúde no local, até aí tudo bem! O local é amplo e adequado para tal propósito, porém, esse processo se arrasta desde novembro de 2011 e até agora estão pagando mais de 20 mil reais por mês de aluguel sem o uso do local. Pode?

 

Falando em Desperdício – Conforme declaração do prefeito, o problema é a demora das licitações para comprar os materiais para o funcionamento da Secretaria. Oras bolas! Cadê o planejamento? Cadê o bom senso? Você alugaria uma casa e pagaria seis meses de aluguel sem usá-la? Então...

 

Falando em Boteco – Que saudades de quando conversa de boteco era aquela conversa de bons amigos no barzinho do bairro.

 

Falando em Carnaval – Acredita que o Carnaval 2012 em Bragança ainda não acabou? Pois é. O contrato firmado entre Liesb (escolas de samba) e Prefeitura, referente aos desfiles carnavalescos, foi cumprido pela contratada (Liesb) e a Prefeitura, até agora, não pagou a segunda e última parcela referente ao contrato. Uma Vergonha!

 

Falando em Calote – A Prefeitura justifica que a Liesb tem um outro processo que a impede de receber verbas públicas, o que é pura desculpa esfarrapada, pois esse processo está em julgamento e sem última decisão. E tem outra, a verba constante no contrato é verba destinada e compromissada, ou seja, não se pode misturar as coisas, um processo corre separado do outro, fato é que as escolas cumpriram todas as suas obrigações, prestaram suas contas devidamente e até agora a Prefeitura não pagou e, assim, não está arcando com suas responsabilidades.

 

Falando Nisso – Será que quem toma essas decisões na Prefeitura não sabe que tais atitudes interferem diretamente em muitas famílias que trabalharam no carnaval e até hoje não receberam das escolas de samba em razão desse compromisso não cumprido pelo Executivo local? Será que o prefeito está sabendo disso?  Hummm, sei não, hein?! 

 

Falando em Exército – Bem, muito legal a exposição, as demonstrações e tudo que o Comando do Exército brasileiro fez em Bragança essa semana, parabéns! Mas parar o centro comercial da cidade em plena semana agitada com o Dia das Mães foi de arrancar os cabelos dos comerciantes, hein?! O Exército traz o tanque e quem leva a bomba é o comércio local.

 

Falando em Semelhanças – Enquanto a Tunísia grita “Eu quero ter direitos!”, o Egito “Eu quero democracia!”, a Líbia “Eu quero liberdade”, vem o Brasil e canta “Eu quero tchu... Eu quero tcha!” .

 

Falando em Polícia – Nessa semana, aconteceu a posse do novo delegado seccional de Bragança Paulista. Trata-se do Dr. Antônio José Pereira, que substituiu o amigo Dr. Marcelo Fábio Vita, que, embora por pouco tempo no cargo, demonstrou conhecimento e competência naquilo que se propôs a fazer. Sucesso ao novo comando da Polícia em Bragança.

 

É OURO! – Mais uma conquista do deputado Edmir Chedid foi a realização da parceria do Governo do Estado com o Hospital Universitário São Francisco. Essa parceria vem ao encontro de um antigo sonho de nossa região em ter aqui em Bragança o tão esperado Hospital Regional, onde, com verba vinda do governo estadual, o hospital poderá atender dignamente toda a cidade e região bragantina. Parabéns!

 

É LATA! –  Falando em Sacolas – Agora você é obrigado a comprar uma sacola a cada compra que faz no supermercado, ou então ganha o direito de levar suas compras na mão. O estranho é que proibiram as sacolas plásticas nos supermercados, mas continuam com sacos e sacolas plásticas em quase todo o restante do comércio, além de continuarem usando os sacos de lixo. Para quem está interessando isso, hein?! Meio ambiente? Ah, tá...

 

É, MARMELLO! – Obrigado pela dica sobre a frase que não era anônima (e nem minha). Boteco também é cultura!

 

Frase – “Se eu acredito em anjos? É claro, eu nasci de um.” Feliz Dia das Mães!

 

Reflexão da semana – Nunca atropele um ciclista com a camisa do Corinthians... A bicicleta pode ser sua!

 

Piada – Segredo de Família

Uma galinha põe um ovo de meio quilo. Jornais, televisão, repórteres, todos atrás da galinha.

— Como conseguiu essa façanha, Sra. Galinha?

— Segredo de família…

— E os planos para o futuro?

— Botar um ovo de um quilo!

E aí, as atenções se voltam para o galo.

— Como conseguiram tal façanha, Sr. Galo?

— Segredo de família…

— E os planos para o futuro?

— Partir a cara do avestruz!!!

 Até a semana que vem!

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player