O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

CAIU NA REDE...

O novo partido da Marina Silva não foi aprovado. Por que será? Particularmente, não sou um grande fã do posicionamento político dela, mas penso que negar o registro de um partido de oposição “a esta altura do campeonato” é coisa de petista.

 

E PROS AMIGOS NADA... TUDO!

Enquanto isso, no País do Carnaval, dois partidos pró-governo foram aprovados. Um do Paulinho da Força, o Solidariedade, e o Partido Republicano da Ordem Social.

 

E ELA FOI PRO PSB

Pra poder disputar as eleições, Marina Silva decidiu ir pro PSB e, provavelmente, ser vice na chapa do Eduardo Campos. Politicamente, é bom pra despolarizar um pouco as coisas. A gente tem mania de polos! Não que o PSB seja muito diferente do PSDB e do PT, na verdade, pra mim é tudo farinha do mesmo saco, dado que os objetivos eleitoreiros são os mesmos. E a dança das cadeiras só começou...

 

SÓ O MACAQUINHO SE DEU MAL

Semana passada, escrevi sobre o raio que caiu na Prefeitura. Se você não ficou sabendo, não se preocupe, todos os políticos passam bem. Pra falar a verdade, quase todos, menos o que apareceu mais cedo pro trabalho: um macaquinho bugio que acabou também sendo atingido pela descarga elétrica. Fui informado pela imprensa oficial (extra-oficialmente) que o macaco, apesar de tudo, passa bem.

 

PROFESSORES SÃO PERIGOSOS

Professores são perigosos, acham que ganham pouco, fazem greve, não se contentam com qualquer “planinho de carreira” que apresentam... O povo do Rio que o diga. Se a moda pega por aqui, hein? Só é preciso tomar cuidado porque por lá, a PM não quis nem saber, desceu a lenha na professorada.

 

TAMBÉM, ESTAMOS EM PENÚLTIMO

Em avaliação feita em 21 países, a China lidera o ranking de valorização do professor e nós ficamos apenas à frente do Israel. Depois da China estão a Grécia, a Turquia, a Coreia do Sul e a Nova Zelândia. A pesquisa do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes levou em consideração o status do professor, a recompensa recebida pelo trabalho e a organização do sistema de ensino. Na China, 50% dos entrevistados disseram que incentivariam seus filhos a seguirem a carreira docente, já no Brasil, apenas 20%. Ao menos numa coisa quase 100% dos entrevistados concordaram: o educador deve ganhar mais do que recebe.

 

BANCO DO BRASIL: BOM PARA TODOS... DO PT

Dois “peixes grandes” do PT entregaram seus cargos na Fundação Banco do Brasil em meio às investigações da Polícia Civil do Distrito Federal sobre supostos desvios de dinheiro. A suspeita é de que recursos repassados pela fundação a ONGs tenham sido desviados.

 

HOSPITAL FECHADO – QUEM PERDE MAIS?

A direção do hospital da Unimed Bragança classificou a atitude da Secretaria Municipal de Saúde de “arbitrária”. Já segundo a secretária, a interdição é resultado da constatação de condições precárias estruturais e de funcionamento, que colocam em risco a vida dos usuários, pacientes e funcionários. O diretor do hospital, José Jozefran, por sua vez, disparou “gostaria de saber se a secretária de Saúde tem esse mesmo rigor com as Unidades Básicas de Saúde do município”. Diante de tal quadro, a pergunta mais adequada seria: quem tem razão? Ou quem perde mais? Os usuários do plano de saúde da Unimed, os usuários da Saúde Pública... Resumindo, o povo.

 

A REUNIÃO PRA DISCUTIR O BUSÃO

Vereadores, dois secretários municipais e representantes da N. S. Fátima estiveram reunidos na última terça-feira, pra falar sobre os termos do contrato entre a empresa e a cidade que não estão sendo cumpridos. Esperançoso, caro leitor? Então veja: as perguntas que os vereadores fizeram à Prefeitura foram respondidas com “promessas de projetos futuros” e os representantes da empresa alegaram que tudo o que a Prefeitura pediu foi realizado. Resultado: tudo certo, nada resolvido... E como toda “boa reunião”, esta terminou com a marcação de outra reunião para daqui a 30 dias. O povo? Continua com um “servicinho joia”.

 

PRA FINALIZAR

“A pior das loucuras é, sem dúvida, pretender ser sensato num mundo de doidos” (Erasmo)

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player