O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Seleção Brasileira vence no último amistoso antes da estreia na Copa das Confederações

A Seleção Brasileira de Futebol realizou na tarde de domingo, 9, seu último teste antes da Copa das Confederações. O Brasil jogou contra a França na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, e venceu por 3 a 0, encerrando a série sem vitórias sobre adversários do chamado “primeiro escalão” do futebol mundial, além de quebrar um tabu de 20 anos sem vencer a seleção francesa.

O JOGO

No começo da partida, Lloris quase se atrapalhou ao tentar sair com a bola dominada. Neymar conseguiu dominar, mas acabou travado pelo goleiro francês na hora do chute.

O Brasil tentava atacar, mas a França respondia na mesma moeda, deixando a partida bastante equilibrada. Aos 14 minutos, Valbuena cobrou falta e Guilavoguei apareceu para o cabeceio, que levou perigo para Júlio César.

Hulk, aos 19, foi para o arremate, mas sem direção. O Brasil tocava a bola, buscando espaço e enfrentando a marcação francesa.

Aos 31 minutos, Oscar conseguiu se livrar de Mathieu e lançou para Neymar tentar o chute, mas a bola foi pela linha de fundo, ao lado da trave.

SEGUNDO TEMPO

Na primeira jogada do segundo tempo, o Brasil foi ao ataque em jogada iniciada por Oscar. A resposta francesa veio no chute de fora da área de Cabaye, que bateu forte e quase fez o gol. Payet também teve sua chance aos quatro minutos, sem sucesso.

Aos oito minutos, Oscar abriu o placar para o Brasil, aproveitando troca de passes para receber na área e bater sem chance de defesa para Lloris.

Oscar teve a oportunidade de fazer o segundo dois minutos depois, ao dar um toque na bola em cruzamento rasteiro da direita, mas para fora.

Aos 14 minutos, em contra-ataque francês, a bola foi cruzada na área e David Luiz tentou o corte, mas quase fez gol contra. 

Fred aproveitou erro da zaga francesa ao tentar afastar a bola pela direita e arrematou para a defesa de Lloris. No rebote, o goleiro francês atirou-se nos pés de Neymar para defender. O Brasil tocava a bola e administrava o resultado, chegando ao segundo gol aos 39 minutos, com Hernanes, em chute de fora da área.

Nos acréscimos, Marcelo foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Lucas cobrou, deslocou o goleiro e marcou o terceiro gol brasileiro.

O Brasil fará sua estreia na Copa das Confederações no próximo sábado, 15, em Brasília (DF), contra o Japão.

 

FICHA TÉCNICA

AMISTOSO INTERNACIONAL

 

Local: Arena Grêmio, Porto Alegre (RS).

Árbitro: Víctor Hugo Carrillo, que foi auxiliado por Jonny Bossio Moncada e César Escano Zambrano.

 

BRASIL – 3

Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo (Hernanes), Paulinho (Paulinho), Oscar (Fernando); Hulk (Lucas), Neymar (Bernard) e Fred (Jô).

Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Gols: Oscar aos 8’/2T, Hernanes aos 39’/2T e Lucas (de pênalti), aos 47’/2T.

Cartão amarelo: David Luiz.

 

FRANÇA – 0

Lloris; Debouchy, Sakho, Rami e Mathieu; Cabaye (Gomis), Matuidi (Grenier), Payet, Valbuena (Lacazette) e Guilavoguei; Benzema (Giroud).

Técnico: Didier Deschamps.

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player