O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Bragantino joga bem e consegue bom empate com o ABC em Natal-RN

O C. A. Bragantino voltou a jogar bem e trouxe do Rio Grande do Norte um ponto importante para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série B, ao empatar em 1 a 1 com o ABC na noite da última terça-feira, 4, em partida disputada no Estádio Frasqueirão, em Natal, válida pela 4ª rodada do Brasileirão da Série B.

O Massa Bruta soma quatro pontos agora e está na 15ª colocação na tabela. Já o ABC-RN tem dois e segura a lanterna da competição. Vale ressaltar que o técnico Vágner Benazzi está invicto no comando do Braga. Foram dois jogos, sendo uma vitória e um empate.

 

EQUILÍBRIO NA PRIMEIRA ETAPA

 

ABC e Bragantino fizeram um primeiro tempo equilibrado e o placar de 1 a 1 foi considerado justo pelo que as duas equipes fizeram dentro de campo. 

A partida começou com os dois times se estudando, mas foi o Braga que assustou o clube potiguar logo aos dois minutos de jogo. Diego Macedo recebeu passe, invadiu a área e driblou o goleiro Lopes, mas o ala perdeu o ângulo e chutou por cima do travessão.

O ABC deu a resposta logo em seguida. Lino aproveitou cruzamento na área e desviou de cabeça, mandando a bola para linha de fundo, em lance que assustou o goleiro Rafael Defendi.

A partida era boa e as duas equipes buscavam o ataque. Aos 31 minutos, o árbitro marcou pênalti duvidoso a favor do ABC. Rodrigo Silva cobrou e pôs o time de Natal à frente.

Entretanto, o Massa Bruta não se abateu com o gol e foi em busca do empate. Aos 33 minutos, Leo Jaime recebeu passe pela esquerda, e, com um toque, tirou a zaga. O ala bateu de dentro da grande área com categoria, no canto do goleiro Lopes, deixando o marcador igual.

O empate abateu o Alvinegro Potiguar. O Braga ainda teve duas chances para virar o confronto, mas Lincom e Magno Cruz desperdiçaram as oportunidades.

 

SEGUNDO TEMPO: BRAGA E ABC PERDEM VÁRIAS OPORTUNIDADES E O JOGO TERMINA EMPATADO

 

O ABC voltou para a segunda etapa com uma alteração. Lino deixou o gramado e em seu lugar entrou Guto. Já o Bragantino voltou com a mesma formação do primeiro tempo.

A primeira chance de gol do segundo tempo foi do ABC, aos cinco minutos. Guto cobrou falta com perfeição e obrigou o goleiro Rafael Defendi a fazer grande defesa, evitando o que seria o gol de virada do time Potiguar.

Aos 13 minutos, foi a vez do Braga desperdiçar a oportunidade do segundo gol. Diego Macedo escapou pela direita, entrou em diagonal e, dentro da grande área, bateu forte, mas a bola saiu tirando tinta da trave direita do goleiro Lopes.

Os dois times jogavam ofensivamente, e o ritmo da partida era eletrizante.

Aos 18 minutos, Leo Jaime ganhou jogada de Bileu e iria sair na cara de Lopes, porém, o atleta do ABC segurou o lateral bragantino, impedindo o prosseguimento do lance. O árbitro Antônio Dib Moraes de Sousa marcou falta e só mostrou o cartão amarelo para Bileu.

Os jogadores do Massa Bruta ficaram revoltados com a marcação, pois Bileu devia ser expulso, já que era o último homem da defesa.

E aos 19 minutos, o Alvinegro Potiguar ameaçou novamente. Alvinho fez jogada pelo lado esquerdo e bateu forte. A bola desviou no zagueiro Raphael Andrade, mas o arqueiro do Braga conseguiu salvar o lance.

Em cobrança de falta aos 26 minutos, Rodrigo Santos acertou a barreira, e, no rebote, ele próprio mandou uma bomba que explodiu no travessão.

O Bragantino respondeu aos 30 minutos, numa falta cobrada pelo meio-campista Deyvid Sacconi. A bola bateu na trave, assustando o goleiro Lopes.

Aos 35 minutos, o Massa Bruta perdeu chance incrível de virar o marcador. Leo Jaime fez boa jogada pela esquerda, se livrou da marcação de Rodrigo Santos e, sem ângulo, rolou para trás. Deyvid Sacconi bateu fraco, rasteiro, e Vinícius, debaixo das traves, evitou o segundo gol do Massa Bruta.

No final da partida, as duas equipes tiveram chance de selar a vitória. Aos 44 minutos, Rodrigo Silva aproveitou cruzamento e, sozinho, cabeceou, porém, a bola foi de encontro ao travessão de Rafael Defendi.

E aos 46, o Braga teve oportunidade num chute forte de Deyvid Sacconi em que Lopes fez firme defesa.

Final de jogo no Frasqueirão, ABC 1, Bragantino 1.

 

FICHA TÉCNICA

4ª RODADA DA PRIMEIRA FASE DO CAMPEONATO BRASILEIRO DA SÉRIE B - 2013

 

Local: Estádio Frasqueirão, em Natal (RN).

Data: 4 de junho de 2013 (terça-feira).

Árbitro: Antônio Dib Moraes de Sousa (PI), que foi auxiliado por Armando Lopes de Sousa (CE) e Thyago Costa Leitão (PI).

Quarto Árbitro: Ítalo Medeiros de Azevedo (RN).

Renda: R$ 14.728,00

Público: 2.702 pagantes.

 

ABC (RN) – 1

Lopes; Renato (Rodrigo Santos), Leandro Cardoso, Vinícius e Lino (Guto); Leandro, Bileu, Mateus e Jean Carioca (Vanderlei); Alvinho e Rodrigo Silva.

Técnico: Paulo Porto.

Gol: Rodrigo Silva, aos 31’/1/T.

Cartões amarelos: Vinícius, Mateus e Bileu.

 

BRAGANTINO – 1

Rafael Defendi; Diego Macedo, Raphael Andrade, Álvaro, Kadu e Leo Jaime, Elias, Preto e Bruninho (Deyvid Sacconi); Magno Cruz (Carlinhos) e Lincom (Dudu).

Técnico: Vágner Benazzi.

Gol: Leo Jaime, aos 33’/1T.

Cartões amarelos: Preto, Leo Jaime, Bruninho, Kadu, Álvaro e Elias.

 

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player