O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Seis vereadores são reeleitos e Câmara terá vários novatos

A partir de 2013, a Câmara de Bragança Paulista passará a ter 19 vereadores. O resultado das urnas concedeu o mandato a três mulheres, um padre e dois pastores evangélicos, além de outras sete pessoas e de reeleger seis dos já vereadores.

Os reeleitos são: José Gabriel Cintra Gonçalves; Miguel Lopes; Tião do Fórum; Mário B. Silva; Marcus Valle e Luiz Sperendio.

A vereadora mais votada foi Fabiana Alessandri, que obteve 3.480 votos. Já o décimo nono vereador eleito foi Paulo Mário, com 536 votos.

O Jornal Em Dia conversou com alguns dos vereadores eleitos na noite desse domingo e madrugada de segunda-feira, 8. Acompanhe o que disseram:

 

Fabiana Alessandri foi a vereadora mais votada de Bragança Paulista. Esta é a segunda vez que ela obtém esse resultado e agradeceu a expressiva votação. “Foi muito emocionante. Estou muito, muito feliz mesmo, agradeço a todos os votos que eu recebi. Apesar de ter ficado quatro anos fora, a gente não parou de trabalhar, mas eu sei que é difícil quando você não está com o poder para conseguir levar os benefícios, as melhorias para os bairros, mas eu fiz o possível para ajudar a população, para ajudar a transformar a realidade do nosso bairro. Eu acho que a população reconheceu o trabalho, o carinho, o respeito que eu tenho por cada munícipe, o quanto a gente quer ajudar, eu acredito muito nessa cidade, a gente tem um povo maravilhoso e acho que o trabalho que eu fiz foi como cidadã e hoje eu estou colhendo os frutos. Agradeço a todas as pessoas, agradeço de coração porque votar significa confiar e eu acho que a confiança é um dos maiores bens que a gente possui”.

 

Padre Juzemildo considerou que este é um novo momento para a cidade. “Estou pensando que nós estamos construindo um novo momento para a nossa cidade, é um novo momento também na minha vida pessoal porque eu quero reafirmar minha condição de padre. Sou o segundo padre, que eu conheço, eleito como vereador. Além do padre Zecchin, hoje eu fui eleito com muito orgulho e vou defender a bandeira do Partido dos Trabalhadores, da nossa coligação, com a certeza de que nós estamos fazendo o melhor para Bragança”.

 

Rita Valle ressaltou a importância destas eleições para a história da cidade. “Isso foi a recompensa de uma missão que realmente está em nossas mãos agora e eu falo que não é minha a vitória, é a nossa vitória porque o nosso grupo venceu. Uma eleição histórica para Bragança e eu fazendo parte dessa história, então é muito emocionante. Espero que essa Câmara Municipal realmente faça a diferença e que nós juntos possamos mudar Bragança de verdade”.

 

Pastor Valdo, que trabalha com projetos sociais, na prevenção ao uso de drogas, destacou o fato de ter sido o único vereador tucano eleito. “Primeiramente, eu quero agradecer a Deus por ter dado essa vitória para a gente, agradecer a todos os amigos, irmãos, a todos aqueles que votaram na gente e garantir que nós vamos trabalhar bastante. Sou o único candidato eleito do PSDB, uma vitória do povo de Deus, dos amigos, daqueles que trabalham na assistência social”.

 

Tião do Fórum afirmou que pretende trabalhar junto ao prefeito eleito para conquistar melhorias para a cidade. “Estou contente por ser eleito diante das dificuldades, por haver tantos candidatos. Vamos torcer para que o próximo prefeito trabalhe para Bragança Paulista, na questão do emprego, saúde, que são anseios da população. Não quero ser contra, pretendo trabalhar junto ao próximo prefeito. Esperamos fazer nesses quatro anos o que perdemos nos últimos sete”.

 

O segundo vereador mais votado de Bragança Paulista, José Gabriel Cintra Gonçalves, se disse surpreso com sua votação. “Quero agradecer primeiramente a Deus, aos eleitores que deram mais um voto de confiança para mim, pessoas que vestiram a camisa, familiares que apoiaram e estamos aí para lutar por uma Bragança melhor, pelos mais necessitados, essa é a nossa intenção. Pretendo caminhar junto com o prefeito eleito. Fiquei muito surpreso com a minha votação, não esperava essa quantidade de votos, não foi um trabalho de período eleitoral e sim um trabalho do tempo de Câmara. Coloco-me à disposição da cidade. Agradeço a Deus em primeiro lugar”.

 

Eleito para o sétimo mandato, Marcus Valle afirmou que esta foi a eleição mais difícil que já disputou. “Foi a eleição mais difícil da minha vida. Eu já perdi duas eleições, uma com uma grande votação por não conseguir o quociente eleitoral e teve outra que eu perdi na urna. Mas esta foi a eleição mais difícil porque nós tínhamos dentro do partido dez candidatos pelo menos que nós sabíamos que disputavam quatro ou cinco vagas. Eu achava que eram cinco vagas, mas acabaram sendo quatro. Cada vez fica mais difícil. O fato de a administração do Jango não ter sido aprovada prejudica todos os vereadores, independentemente de eles serem situação ou oposição. Eu acho que isso afetou a mim. E quando você é vereador você tem certa vantagem, mas também há um desgaste e eu tive um desgaste muito grande. Agora, sobre o que os eleitores podem esperar de mim, a mesma coerência. Eu posso errar, mas eu não vou errar por má intenção. Vou agir com independência. O Fernão é meu primo, foi eleito no meu partido, hoje eu sou situação, mas se eu achar que está errado, eu vou criticar o Fernão”.

 

Rafael de Oliveira atribuiu o sucesso de sua campanha a Deus. “Quero agradecer muito a Deus primeiramente, por toda a campanha, por todos os amigos e familiares que ajudaram. Quando Deus está no projeto, não importam os levantes, mas Deus sempre cumpre sua promessa. E agradeço a todas as pessoas. 1294 pessoas que confiaram e acreditaram em mim. Agora, começa o verdadeiro trabalho, em prol da população”.

 

Paulo Mário falou sobre a dificuldade da campanha pela grande quantidade de candidatos. “Agradeço o apoio e ofereço conhecimento e trabalho aos eleitores. Experiência à disposição. Tudo foi difícil nesta eleição com 400 candidatos nas ruas, campanha atípica, mas vale a pena quando tudo dá certo”.

 

Miguel Lopes foi o terceiro vereador mais votado e agradeceu a seus eleitores, além de considerar positivo o resultado da eleição na chapa majoritária. “Eu quero agradecer por mais este voto de confiança e vou continuar trabalhando, como sempre fizemos. Agradecemos de forma geral a todos, fiquei muito feliz com o resultado, com a votação, apesar de eu estar com o Gustavo, Bragança está em boas mãos com o Fernão Dias. Graças a Deus, Bragança não voltou para as  mãos do grupo envolvido com a Justiça e que tem um líder cassado. A população votou com liberdade, o que achou melhor para Bragança”.

 

Jorge do Proerd falou de toda a emoção que sentiu em ser um dos 19 representantes do povo na Câmara bragantina. “É muito emocionante, o nosso resultado é decorrente de 12 anos de trabalho que fiz em Bragança Paulista junto dos amigos. A minha campanha foi feita com poucos recursos, mas automaticamente com muitos amigos. A gente tem que agradecer esse grupo porque não fiz nada sozinho, foi todo mundo junto, todos unidos para que a gente tivesse essa resposta. A resposta foi muito legal. E os eleitores podem esperar o melhor possível. A gente tem feito um trabalho de coração e a gente vai continuar com a mesma filosofia, que seria o trabalho comunitário. O trabalho continua sendo comunitário, com a população questionando e pedindo aquilo que ela quer”.

 

Dito do Ônibus destacou o fato de não ter gasto grande quantidade de dinheiro em sua campanha. “É emocionante voltar para a Câmara, com muita alegria, sem um tostão no bolso, sem apoio de prefeito, sendo humilhado, carro sem pneu, sem nada, apoiando o Frangini, mas sem um material deste candidato. Tostão contra milhão. Vereador sem rabo preso. Agradeço os companheiros que me ajudaram. Não é propaganda de quem gastou mundo de dinheiro, é voto humilde e honesto. Agradeço muito a família, que esteve no dia a dia. Aqui não tem cabresto, aqui é Dito do Ônibus”.

 

O Jornal Em Dia não conseguiu contato com todos os vereadores eleitos. Confira nas páginas 6 e 7 o resultado da apuração para todos os que se candidataram a vereador em Bragança Paulista.

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player