O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Orçamento Estadual do próximo ano é debatido na Câmara em audiência pública

Matéria publicada na edição de 4 de julho de 2018

 

A Câmara Municipal de Bragança Paulista recebeu, na noite de sexta-feira, 29, a 17ª Audiência Pública do Orçamento do estado de São Paulo referente ao próximo ano. A audiência encerrou o ciclo dos encontros realizados por todo o estado pela Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento da Assembleia Legislativa.

O deputado estadual Edmir Chedid, que também integra essa comissão, presidiu os trabalhos e dividiu a mesa com o prefeito em exercício de Bragança Paulista, Amauri Sodré da Silva, e sua esposa, Cleide Izepe da Silva, e os prefeitos de Pinhalzinho, Lauro de Lima, de Serra Negra, Sidney Antônio Ferraresso, de Tuiuti, Jair Fernandes Gonçalves, de Joanópolis, Mauro Garcia, de Socorro, André Bozola, e de Nazaré Paulista, Cândido Murilo Pinheiro Ramos, além do deputado federal Herculano Passos e da presidente da Câmara bragantina, vereadora Beth Chedid.

Outros vereadores de Bragança também acompanharam a reunião, cujo objetivo era ouvir as demandas da sociedade. Assim, foram reivindicados, na ocasião: a duplicação da Rodovia Alkindar Monteiro Junqueira (Bragança/Itatiba); a instalação de perimetral na Rodovia Fernão Dias; recuperação e duplicação da Rodovia Capitão Barduíno; a instalação de passarelas para pedestres nas entradas dos bairros Jardim São Miguel e Parque dos Estados na SP-8; instalação de uma unidade da Rede de Reabilitação Lucy Montoro em Bragança Paulista; recursos para o funcionamento de mais leitos na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) da Santa Casa do município; a necessidade de reformar o Centro de Saúde Doutor Lourenço Quilicci; mais recursos para o Hospital Universitário São Francisco de Assis (Husf); o aumento de vagas para cirurgias em Bragança Paulista, incluindo a instalação de um Ambulatório Médico de Especialidades (AME) exclusivo para a realização de cirurgias ambulatoriais.

Além dessas demandas, outras abordaram a instalação de um centro de convenções, centro tecnológico, investimentos em turismo na região e para a terceira idade, com ênfase no cicloturismo, e a construção de ciclovias e ciclofaixas em rodovias e nos municípios.

As sugestões apresentadas nas audiências públicas serão coletadas pela Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento e poderão se tornar emendas parlamentares.

Para o deputado Edmir Chedid, o problema do estado não é a falta de recursos, mas de planejamento. “Foi uma audiência produtiva, com muitas pessoas presentes e demandas apresentadas, infelizmente muitas delas repetidas. O governo do estado ainda tem deveres não cumpridos com a nossa região, como estradas não terminadas, por exemplo”, avaliou. 

Os interessados ainda podem enviar, até 30 de setembro, suas sugestões para o Orçamento Estadual 2019 por meio do link: www.al.sp.gov.br/alesp/audiencia-cadastro/?id=120.

 

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player