O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Corpus Christi: comunidades católicas mantêm tradição dos tapetes de serragem

Matéria publicada na edição de 2 de junho 2018

 

Na última quinta-feira, 31, foi celebrado o feriado de Corpus Christi no país. Assim, as comunidades católicas dedicaram-se a programações especiais com procissões, missas solenes e, em algumas delas, enfeites de trechos de vias públicas com tapetes de serragem.

A celebração de Corpus Christi é uma comemoração litúrgica católica que ocorre na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, o qual, por sua vez, acontece no domingo seguinte ao de Pentecostes. As manifestações em vias públicas, seja por meio da confecção de tapetes ou apenas das procissões tem o objetivo de testemunhar publicamente a adoração e a veneração para com a Santíssima Eucaristia.

Na Igreja Católica, a Eucaristia é um dos sete sacramentos, instituído na Última Ceia, quando Jesus disse aos apóstolos: “Este é o Meu corpo... isto é o Meu sangue... fazei isto em memória de mim”.

A tradição de fazer tapetes de serragem nas vias públicas por onde a procissão passa surgiu em Portugal e foi difundida no Brasil na época da colonização. As imagens representadas pela arte popular geralmente fazem referência a símbolos da Eucaristia, como o cálice, o pão, a hóstia.

Além de serragem colorida, outros materiais costumam ser empregados, como borra de café, areia, flores, farinha e sal.

Em Bragança Paulista, ao menos duas comunidades mantiveram a tradição dos tapetes.

A Área Pastoral Santa Clara de Assis, no Jardim Águas Claras, reuniu os fiéis às 5h da manhã de quinta-feira para iniciar a confecção do tapete, que foi feito nas ruas do entorno da igreja, instalada na Rua João Alberto Anhert, 73.

Vários desenhos foram confeccionados pela comunidade ao longo do dia e, às 17h, foi celebrada a santa missa, seguida de procissão e bênção do Santíssimo Sacramento.

Na Paróquia Nossa Senhora da Esperança, no Parque dos Estados, o tapete foi feito desde o Ginásio Rubens Battaza até a igreja e os fiéis seguiram esse percurso em procissão.

Outras comunidades católicas também celebraram a data.

 

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player