Reajuste dos servidores da Câmara é aprovado

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Reajuste dos servidores da Câmara é aprovado

Matéria publicada na edição de 26 de maio de 2018

 

Na última terça-feira, 22, foi realizada mais uma sessão ordinária pela Câmara Municipal de Bragança Paulista, oportunidade em que foram apreciadas três matérias.

Dentre elas, o Projeto de Lei Complementar 6/18, de autoria da Mesa Diretora, que estabelece aos servidores do Legislativo reajuste salarial de 3%, R$ 432,00 de auxílio-saúde, e R$ 650,00 de vale-alimentação. A aprovação em turno único foi unânime.

Outro projeto votado e aprovado foi o 19/18, de autoria do prefeito Jesus Chedid, que denomina como Quadra Poliesportiva Luiz Carlos Colagrande (Copinho) o espaço para a prática esportiva na Planejada I. A votação foi acompanhada pela viúva do ex-jogador e radialista, Nerci Colagrande. Alguns vereadores, como Beth Chedid, Sidiney Guedes, Marco Antônio Marcolino e Natanael Ananias, além de votarem a favor, declararam apoio à homenagem.

A terceira matéria a ser aprovada foi a Moção 11/18, dos vereadores Rita Leme, Dr. Cláudio Duarte e Rosângela Gonçalves, que propõe ao Executivo estudos para a extensão do funcionamento dos Centros de Atenção Psicossocial, com atendimento 24 horas por dia.

O espaço da Tribuna Livre foi ocupado por Ivan Montanari Lima, chefe da Divisão de Cultura e secretário de Cultura e Turismo de Bragança Paulista na gestão do ex-prefeito Fernão Dias da Silva Leme, que falou a convite do vereador Quique Brown.

Ivan deu início à apresentação com a afirmação de que não tem qualquer objeção com relação às críticas ao trabalho desenvolvido durante o período em que esteve como chefe de Divisão ou como titular da pasta e esclareceu que para a elaboração do Plano Municipal de Turismo o Dadetur (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos) exige que o projeto seja executado por um turismólogo.

“Firmamos um convênio com o governo do estado de São Paulo, que aprovou o repasse de R$ 300.021,36 para a contratação do projeto. Cabe ressaltar que a não execução do projeto ou o atraso na conclusão faria com que o município corresse o risco de perder a classificação de estância e passasse a ser considerado de interesse turístico, com prejuízo de 90% dos repasses que são feitos pelo Dadetur”, completou Ivan.

PRÓXIMA SESSÃO

Para a próxima sessão da Câmara, que será realizada na terça-feira, 29, a partir das 16h, constam apenas três moções na pauta.

A Moção 13/2018, de autoria do vereador Ditinho Bueno, pede ao Executivo estudos visando à implantação de um programa voltado à promoção da qualidade de vida dos parkinsonianos e suas famílias, nos mesmos moldes do “Programa Raimunda Moura”, executado pela Prefeitura de Atibaia.

O vereador Dr. Cláudio Duarte propõe, por meio da Moção 15/2018, que o Executivo remaneje todas as faixas para travessia de pedestres próximas às rotatórias do município.

Já a Moção 19/2018, de iniciativa do vereador Natanael Ananias, pede estudos para obra de reforma no campo de futebol e na quadra poliesportiva da Rua Antônio Luppe, no Jardim Iguatemi.

Duas participações são esperadas para a Tribuna Livre. Por indicação do vereador Sidiney Guedes, Telma Alves da Fonseca fará solicitações para o Bairro Mãe dos Homens e bairros adjacentes. Bruno Leonardo Leme está inscrito para falar sobre a implementação do empreendimento Bragança Paulista J, conquistado pelo Grupo de Saúde Raios de Sol e Acohab junto ao Programa Minha Casa, Minha Vida – Entidades, por indicação do vereador Basílio Zecchini Filho.

As sessões da Câmara podem ser acompanhadas presencialmente, pela internet, no endereço: http://www.camarabp.sp.gov.br, e pela TV Alesp (operadora NET).

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player