O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Evento de conscientização sobre o Lúpus é realizado

Matéria publicada na edição de 12 de maio de 2018

 

Na quinta-feira, 10, foi realizada a III Semana Municipal de Conscientização sobre o Lúpus, instituída no município por meio de projeto de lei de autoria dos vereadores Antônio Bugalu e Fabiana Alessandri.

A iniciativa contou com a parceria da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, e promoveu debate com especialistas e população para divulgar ações de conscientização sobre a doença.

Na ocasião, o professor Émerson Corrêa contou como é viver com o lúpus, mostrando as principais dificuldades no enfrentamento da doença.

Já o psiquiatra do Núcleo de Apoio a Saúde da Família (Nasf), Laerte Cestari, abordou os aspectos psicológicos e psiquiátricos do paciente com lúpus, as principais preocupações emergentes e a capacitação do enfermo em entender e reconhecer as alterações de humor e comportamentais devido à doença.

O Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES ou apenas Lúpus), é uma doença inflamatória crônica de origem autoimune, cujos sintomas podem surgir em diversos órgãos de forma lenta, progressiva ou rápida, variando com fases de atividade e remissão. São reconhecidos dois tipos principais de lúpus: o cutâneo (manchas na pele) e sistêmico (acometem um ou mais órgãos).

A doença ocorre em pessoas de qualquer idade, raça, sexo, porém, as mulheres são mais atingidas, na faixa entre 20 e 45 anos. De acordo com a Sociedade Brasileira de Reumatologia, estima-se que existam 65.000 pessoas com lúpus no país.

Várias autoridades participaram do evento.

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player