O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Romper amarras ainda é necessário

Mulher, mãe, esposa, irmã, filha, prima, tia, avó, mulher... Muitos títulos cabem numa só mulher. Ela pode ser várias ao mesmo tempo ou pode ser apenas uma. Seja no campo familiar, social ou profissional, ela pode ser o que ela quiser. É isso mesmo, o que ela quiser, e não o que a sociedade determinar.

Romper as amarras dos moldes impostos pelos nossos antepassados, e que vimos perpetuando geração após geração, se faz cada vez mais necessário para que nos tornemos mais humanos de verdade, não só com relação às demandas relacionadas à mulher, mas à sociedade como um todo.

Mas nesta semana, em que celebramos o Dia Internacional da Mulher, é oportuno falar sobre ela.

Quantas gargantas femininas ainda guardam um grito contido sobre tantas atrocidades pelas quais passam. Nem sempre esse grito sai. Muitas vezes, ele é calado pelo medo e o sofrimento continua. Outras vezes, ele é calado pela morte prematura, um assassinato praticado por um ex-companheiro, na maioria das vezes.

Na luta por direitos iguais, para que a sociedade enxergue a mulher como um ser humano tão importante quanto o homem, tão respeitável, tão digno quanto ele, ainda há muito a se conquistar.

Os adultos têm discernimento suficiente e deveriam ter bom senso para assimilar isso, mas muitos ainda não têm. Por isso, parece paradoxal, mas está, principalmente, nas mãos das próprias mulheres educar as crianças de hoje de um jeito diferente, de modo especial os meninos, mostrando a importância de se respeitar o próximo, independente do gênero, das escolhas. Não é uma solução em curto prazo, mas a médio e longo. Também não é a única atitude que se espera e que pode trazer resultados, mas é uma das mais importantes, pois são as crianças de hoje que serão os homens e mulheres de amanhã e que poderão fazer com que os 8 de março futuros tenham algo significativo a se comemorar.

A todas as mulheres, o Jornal Em Dia deseja que possam realizar seus sonhos, alcançar tudo o que quiserem, e que possam deixar sua contribuição para o rompimento das amarras dos moldes que recebemos de nossos antepassados.

Um feliz Dia Internacional da Mulher!

 

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player