O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Prefeitura firma novo contrato emergencial para Samu e UPA

Matéria publicada na edição de 30 de dezembro de 2017

 

Desta vez, os serviços passarão a ser geridos pela OS Instituto Med Life

 

Os serviços de urgência e emergência em Bragança Paulista, que incluem o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e a UPA (Unidade de Pronto-atendimento), vêm sendo geridos por meio de contrato emergencial, desde 29 de setembro, quando expirou o contrato que a Prefeitura mantinha com a ABBC (Associação Brasileira de Beneficência Comunitária).

Na ocasião, então, foi firmado contrato emergencial com a organização social Associação Casa de Saúde Beneficente de Indiaporã, a Reviva Saúde, que já estava atuando na cidade nos serviços de atenção básica.

Na última quinta-feira, 28, o contrato de 90 dias com a Reviva chegou ao fim e, com a licitação ainda em andamento, a Prefeitura acabou firmando novo contrato emergencial, desta vez, com o Instituto Med Life.

De acordo com as informações divulgadas pela Divisão de Imprensa da Prefeitura, uma nova tomada de preços e propostas foi feita e o Instituto Med Life apresentou a melhor proposta desta vez.

Essa organização social já havia sido qualificada pela Prefeitura e havia sido consultada quando do primeiro contrato emergencial, mas, naquela oportunidade, não apresentou a melhor proposta.

O novo contrato também será válido por 90 dias, mas, caso a licitação que será retomada no dia 15 de janeiro seja concluída com êxito, ele poderá ser interrompido antes desse prazo.

A Prefeitura informou que “a contratação teve como base o contrato que estava vigente, portanto, mantendo todos os serviços e a contratação de todos os profissionais que trabalham nas unidades, de forma direta”.

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player