O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Representantes do governo federal visitam Ceasinha visando a implantação de Mercado Municipal no local

Matéria publicada na edição de 12 de novembro de 2017

 

A Prefeitura de Bragança Paulista informou que na última quinta-feira, 9, representantes da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, órgão vinculado a Casa Civil da Presidência da República, estiveram na cidade para tratarem sobre o projeto técnico de implantação de um Mercado Municipal na Zona Norte.

A delegada federal DFDA/SP, Sônia Aparecida Nunes, e o assessor técnico, Joélson Vieira da Silva, foram recebidos pelo vice-prefeito Amauri Sodré da Silva e por Cristhian Conte Lima (Setor de Convênios) e Gislene Bueno (secretária municipal de Desenvolvimento dos Agronegócios), além do vereador Mário B. Silva, que articulou junto ao deputado federal Paulinho da Força a destinação de recursos no valor de R$ 4 milhões para o projeto.

O objetivo geral do projeto é proporcionar aos produtores familiares rurais de Bragança Paulista e região local adequado com infraestrutura e boa operabilidade para a comercialização de seus produtos, num local estratégico e adequado para atendimento das demandas quanto aos produtos oferecidos pelos agricultores. Na agricultura familiar, a gestão da propriedade é compartilhada pela família e a atividade produtiva agropecuária é a principal fonte geradora de renda.

A implantação do Mercado está prevista para acontecer no Centro de Abastecimento Dr. Paulo Eiti Takazaki, popularmente conhecido como Ceasinha, situado no Jardim da Fraternidade. Técnicos e demais envolvidos realizaram uma vistoria no local a fim de juntar mais informações e dados. Após a visita, será encaminhado um relatório com um parecer para o Ministério do Desenvolvimento Agrário, em Brasília, para dar continuidade às tratativas e formalização do convênio.

“Fiquei feliz de ver a estrutura do local, principalmente pela proximidade com as vias de acesso ao Circuito das Águas e de outros municípios, então isso vai facilitar muito. A intenção é que os agricultores familiares tenham à disposição uma estrutura onde eles possam comercializar os seus produtos. Vemos com bons olhos o projeto, achamos que em breve será liberado para construção. A equipe da Prefeitura está empenhada em nos passar os dados que precisamos”, disse Sônia.

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player