O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

6ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul acontece em Bragança Paulista

Evento gratuito faz parte da programação dos Jogos Colaborativos. Inscrições continuam abertas

 

Composta por filmes cujos temas instigam a vocação pela transformação, a 6ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul será exibida em Bragança de 20 a 22 de agosto, às 19h, no Napa (Núcleo de Apoio ao Professor e ao Aluno).

Essa Mostra já acontece em 26 capitais brasileiras e no Distrito Federal. O marco importante para o município é que Bragança será a primeira cidade do interior do Brasil a sediá-la.

Além da exibição dos filmes haverá, ainda, debate com convidados. A Mostra tem entrada franca e é aberta a toda a população bragantina.

Nessa segunda-feira, foram exibidos os filmes “Quem se importa” e “Doce de Coco”. O debate ficou sob o comando de Édson Beleza, que falou sobre cultura popular: congada e bonecos gigantes.

Confira a programação para esta terça-feira e quarta-feira:

Dia 21/08

Filmes: “Vocacional, uma Aventura Humana”, “Garoto Barba” e “Plantador de Quiabos”. Debate com Fábio Delduque sobre o Festival de Arte Serrinha.

Vocacional, uma aventura humana: Idealizadora de um modelo progressista e pioneiro na educação pública brasileira, os Ginásios Vocacionais, instalados na década de 60, a educadora Maria Nilde Mascellani procurava a formação multidisciplinar de alunos que fossem, também, sujeitos de sua história. O documentário relembra, por meio dos alunos e professora, este momento da educação brasileira. Entre os alunos, Toni Venturi, o diretor do filme.

Garoto Barba: Fábula sobre uma criança que, devido a uma rara doença, tem barba. Felipe gosta de ser como é, mas se sente deslocado porque as outras pessoas costumam olhar para ele de forma diferente. Quando seus pais resolvem submetê-lo a uma moderna cirurgia de remoção de pêlos, será preciso que o garoto tome uma decisão drástica, que mostrará aos seus pais e à cidade inteira que, às vezes, vale a pena lutar pelo o que se é realmente.

O Plantador de Quiabos: Um plantador de quiabos vive um grande dilema: comprar uma bicicleta que irá ajudá-lo a carregar suas pesadas caixas ou adquirir um presente tão desejado pela filha?

Sobre o palestrante: Fábio Delduque é curador, produtor executivo e um dos idealiza-dores do Festival de Arte Serrinha. Artista multidisciplinar, tem em seu currículo curadorias, exposições, performances, instalações, pinturas murais, cenários, projetos gráficos, direção de arte de shows e cinema, projetos de arquitetura, além de uma intensa atividade como produtor cultural.

Dia 22/08

Filmes: “Central do Brasil” e “Terra a Gastar”. Debate com Quique Brown sobre circulação de bandas independentes e economia da cultura.

Central do Brasil: Dora (Fernanda Montenegro) é uma mulher que escreve cartas para analfabetos na estação Central do Brasil, no Rio de Janeiro. Uma das clientes de Dora é Ana (Soia Lira), que vem escrever uma carta com seu filho Josué (Vinícius de Oliveira), que sonha em encontrar o pai que nunca conheceu. Na saída da estação, Ana é atropelada e Josué fica abandonado. Mesmo sem querer, Dora acolhe o garoto e acaba se apegando a ele. Ela decide, então, levá-lo para o interior do nordeste para procurar seu pai. À medida que vão viajando país a dentro vão se apegando cada vez mais um ao outro.

Terra a Gastar: O homem depara-se com os efeitos do consumo excessivo e se vê obrigado a adotar medidas que mudarão seu estilo de vida. Curta de animação.

Sobre o palestrante: Quique Brown é pedagogo, fundador/colaborador do Edith Cultura, sócio/diretor da Escola de Música Jardim Elétrico, autor do livro Guitarra e Ossos Quebrados, produtor do Cardápio Underground e guitarrista e vocalista da banda Leptospirose.

JOGOS COLABORATIVOS

A exibição da 6ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul faz parte da programação dos Jogos Colaborativos. Em Bragança, os Jogos Colaborativos têm patrocínio da TE Connectivity e fazem parte do Programa TE Conexões Culturais.

O Projeto Jogos Colaborativos 2012 tem como objetivo promover o protagonismo de jovens das principais universidades da Região Bragantina na busca por soluções empreendedoras para o desenvolvimento local e sustentável.

O projeto parte da premissa que a própria comunidade possui atores com capacidade de transformar sua realidade e, a partir disso, busca fomentar a ação dos jovens em prol da melhoria de questões sociais da sua comunidade.

As inscrições continuam abertas. Os jovens universitários da região podem se inscrever gratuitamente através do site: http://jogoscolaborativos.tumblr.com/.

Desenvolvido em duas etapas – 6ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul e Circuito de Vivências – o programa Jogos Colaborativos 2012 tem como objetivos principais estimular iniciativas desenvolvidas “por cidadãos e para cidadãos”; engajar empreendedores de negócios sociais sensibilizados pela temática e com capacidade para desenvolvimento e implementação de projetos com resultados mensuráveis; promover o protagonismo de jovens universitários da região numa competição entre soluções empreendedoras para o desenvolvimento local e sustentável e estimular o universitário quanto a pró-atividade, trabalho em grupo, entendimento local e capacidade de transformação.

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player