O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Pagamento da terceira etapa de resgate em contas inativas do FGTS tem início

Matéria publicada na edição de 14 de maio de 2017

 

Na última sexta-feira, 12, foi liberado o pagamento da terceira etapa de resgate em contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de serviço (FGTS). Desde a manhã, mesmo antes da abertura das agências da Caixa Econômica Federal, as filas eram enormes.

As agências da Caixa funcionaram em horário estendido, até duas horas mais tarde para atender a população. Elas também abriram nesse sábado, 13, exclusivamente para atender os trabalhadores com relação ao saque do FGTS.

Nesse terceiro lote, foram contemplados os trabalhadores nascidos em junho, julho e agosto, cujas contas sejam de contratos encerrados até dezembro de 2015.

Para esta segunda-feira, 15, ainda permanecerá o horário diferenciado de atendimento.

Nesta terceira etapa do cronograma, 7,6 milhões de trabalhadores podem fazer os saques. Isso equivale a 25% dos brasileiros com direito ao saque das contas inativas, com total previsto de R$ 10,8 bilhões para o período.

Os clientes da Caixa que possuam conta poupança individual na Caixa irão receber o crédito automático na conta, da mesma forma que trabalhadores que tenham poupança conjunta ou conta corrente e que tenham realizado essa opção no site das contas inativas ou pelo atendimento do telesser-viço: 0800 726 2017.

Beneficiários de programas sociais do governo federal podem sacar diretamente no caixa eletrônico até R$ 3 mil, ou nas lotéricas e correspondentes Caixa Aqui com o Cartão do Cidadão, senha e documento de identificação, também até R$ 3 mil.

De acordo com MP 763/2016, todos os trabalhadores que têm saldo em contas inativas do FGTS têm até o dia 31 de julho para sacar o dinheiro. Os valores não sacados dentro deste prazo permanecerão nas contas do FGTS e só poderão ser resgatados nos casos previstos na legislação do Fundo, como aquisição da casa própria e aposentadoria.

 

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player