O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Fevereiro registra saldo negativo na geração de empregos na cidade

Matéria publicada na edição de 16 de abril de 2017

 

O Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do mês de fevereiro teve saldo negativo em Bragança Paulista. O setor que mais demitiu no segundo mês do ano foi o da indústria de transformação.

Conforme os dados divulgados pelo Ministério do Trabalho, de janeiro a fevereiro de 2017, foram registradas no município 2.782 admissões e 2.830 demissões, um saldo negativo de 48 vagas.

Nesse mesmo período, o estado de São Paulo acumulou saldo positivo de 20.955 vagas e, no país, o saldo foi negativo, 5.252 postos de trabalho.

Considerando apenas o mês de fevereiro deste ano, Bragança Paulista teve 1.316 contratações contra 1.391 desligamentos, um saldo negativo de 75 vagas.

No mesmo mês de 2016, o saldo também foi negativo, de 69 postos de trabalho.

Já no estado e no país, fevereiro fechou com saldo positivo, com a criação de 25.412 e de 35.612 novas vagas de emprego.

Na cidade, o setor que mais demitiu em fevereiro foi a da indústria da transformação, com 258 admissões e 507 demissões, resultando em saldo negativo de 249 vagas.

Os setores que mais contrataram foram novamente o de serviços e o comércio, com saldos positivos de 143 (556 contratações e 413 desligamentos) e 34 (397 admissões e 363 demissões) postos de trabalho.

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player