O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Por força de liminar, eleição do Sismub não ocorre nesta semana

Matéria publicada na edição de 11 de abril de 2017

Nesta terça-feira, 11, teria início a eleição do Sismub (Sindicato dos Servidores e Trabalhadores Municipais de Bragança Paulista e Região). Porém, uma das chapas concorrentes conseguiu uma liminar na Justiça do Trabalho, que suspendeu a eleição.

O pedido de liminar foi apresentado pelo candidato a presidente da Chapa 2, José Cláudio Viana de Almeida, que alegou que o edital para a formação da comissão eleitoral não teve a devida publicidade. Ele também apontou que o estatuto do sindicato teria sido infringido.

O juiz do Trabalho Newton Cunha de Sena acatou os argumentos e determinou a destituição da Comissão Eleitoral, bem como de todos os atos por ela praticados, inclusive a convocação para as eleições, que ocorreriam nesta terça-feira, 11, e quarta-feira, 12.

Assim, até segunda ordem, a eleição está suspensa. O Sismub entrou com pedido de reconsideração da decisão, mas não conseguiu reverter a situação. O sindicato ainda vai recorrer da sentença, mas novas datas para a eleição terão de ser marcadas.

Concorriam como candidatos, além de José Cláudio Viana de Almeida, Carlos Alberto Martins de Oliveira (atual presidente – Chapa 1), Lorena Nunes da Silva (candidata a presidente da Chapa 3) e Débora Cristina Pereira da Silva (candidata a presidente da Chapa 4) .

 

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player