O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Eleição do Sismub: Representantes de chapas concorrentes apresentam suas propostas na Câmara

Matéria publicada na edição de 6 de abril de 2017

A sessão ordinária realizada pela Câmara Municipal de Bragança Paulista, nessa terça-feira, 4, contou com a participação dos representantes das quatro chapas que estão participando da eleição do Sismub (Sindicato dos Servidores e Trabalhadores Municipais de Bragança Paulista e Região).

Inscritos pelo vereador João Carlos Carvalho, os participantes ocuparam a Tribuna Livre. A ordem de uso da palavra foi definida por meio de sorteio.

Assim, o primeiro a usar os cinco minutos disponibilizados pelo Legislativo foi o atual presidente, Carlos Alberto Martins de Oliveira, que concorre à reeleição.

Carlos primeiramente agradeceu ao carinho recebido dos servidores durante a campanha e lembrou que antes de sua diretoria o sindicato não tinha o reconhecimento da classe. Ele mencionou que antes também não havia processos tramitando em favor do funcionalismo e que hoje cerca de seis mil ações tramitam e devem render R$ 20 milhões aos servidores nos próximos anos. O candidato da Chapa 1 ainda ressaltou que em sua diretoria foi conquistada a falta abonada sem restrições. Por fim, Carlos declarou que sua proposta é de seguir com um “sindicato aguerrido, que não baixa a cabeça para o patrão”.

Lorena Nunes da Silva, candidata a presidente da Chapa 3, contou que trabalha na Prefeitura há 13 anos. Ela falou das propostas da chapa, dentre elas, criar o sindicato itinerante e garantir o gatilho automático, por meio da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) e LOA (Lei Orçamentária Anual). O gatilho automático faria com que os servidores tivessem a reposição da inflação garantida todos os anos, mas a proposta depende de negociação com a Prefeitura.

Representando a Chapa 4, Michele Aparecida de Carvalho usou a Tribuna. Ela leu as várias propostas da chapa, dentre as quais, negociar com a Prefeitura um subsídio ao plano de saúde, desenvolver programas educacionais para todos e fazer sociedade com o Clube Recreativo de Vargem.

O quarto participante foi José Cláudio Viana de Almeida, candidato a presidente da Chapa 2. Ele disse que quer fazer do sindicato a segunda casa do servidor. Algumas das propostas apresentadas são: lutar pelo plano de cargos, carreira e remuneração dos servidores em geral, e não apenas uma categoria; ampliar convênios com instituições de ensino; e lutar por subsídio ao plano de saúde.

Em seguida, o vereador João Carlos explicou que a ideia de levar os candidatos à Câmara teve o objetivo de abrir espaço para a divulgação das propostas. Ele agradeceu a presença de todos.

Vale informar que a eleição do Sismub ocorrerá na próxima semana, nos dias 11 e 12.

 

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player