O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

“Fantasma da Mogiana” assombra e cala o Marcelão lotado: nos pênaltis, Bragantino é eliminado pelo Batatais e o sonho do acesso à elite do futebol paulista é adiado

Mais de 14 mil pessoas, recorde de público no Marcelão, presenciaram, na noite da última sexta-feira, a eliminação do C. A. Bragantino

 

Decepção e tristeza, esse é o sentimento que todos os torcedores do C. A. Bragantino estão sentindo nesse momento após a eliminação do time nas quartas de final do Campeonato Paulista da Série A2, organizado pela Federação Paulista de Futebol.

O Massa Bruta, com o Marcelão lotado, foi eliminado pelo Batatais nas cobranças de penalidades máximas por 8 a 7, depois do empate em 1 a 1 no tempo normal, em uma grande partida de futebol, na qual o Braga dominou o jogo todo, mas parou nas grandes defesas do goleiro Matheus, que foi o herói da classificação do “Fantasma da Mogiana”.

O Paulistão da Série A2 já é passado, agora o Braga volta toda sua atenção e forças para a disputa da Copa do Brasil, na qual estreiará na próxima terça-feira, 19, em Brasília, contra o time local, às 19h30, e o Campeonato Brasileiro da Série B, que terá início no próximo mês.

BRAGANTINO É SUPERIOR O JOGO TODO, MAS NÃO CONSEGUE VENCER O BATATAIS NO TEMPO NORMAL

A torcida do Alvinegro das Pedras fez sua parte, lotou o Marcelão e incentivou o time do técnico Leo Condé até o último pênalti batido.

Com a bola rolando, o Bragantino foi muito superior ao adversário o confronto todo, exigindo do goleiro Matheus uma grande exibição.

O primeiro gol da partida foi assinalado pelo Batatais, aos 14 minutos do primeiro tempo, com Rafael Toledo, que arriscou chute de fora da área, surpreendendo o goleiro Felipe, que não teve como evitar o gol do Fantasma da Mogiana. 

No segundo tempo, o panorama da partida não mudou com o Braga sempre procurando o ataque e o Batatais se defendendo.

Quando todos já davam como certa a classificação do Batatais, aos 48 minutos, Erick, em jogada individual, invadiu a área e foi derrubado pelo lateral Rafael Toledo. O árbitro, bem colocado, marcou pênalti a favor do Bragantino. Alemão, com muita tranquilidade e categoria, cobrou o pênalti e empatou o jogo para o Massa Bruta.

Com o empate no tempo normal, a decisão foi para as cobranças de penalidades máximas.

E o Batatais levou a melhor, saindo vitorioso pelo placar de 8 a 7, conquistando assim a vaga para a semifinal do Paulistão da Série A2 de 2016.

 

FICHA TÉCNICA

JOGO DE VOLTA DAS QUARTAS DE FINAL DO

CAMPEONATO PAULISTA DA SÉRIE A2 – 2016

Local: Marcelão, em Bragança Paulista (SP)

Data: 15 de abril de 2016 (sexta-feira)

Árbitro: Thiago Duarte Peixoto, que foi auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis e Gustavo Rodrigues de Oliveira

Renda: 76.405,00

Público: 14.361

BRAGANTINO – 1 (7-P)

Felipe; Alemão, Douglas Silva, Éder Lima e Bruno Pacheco; Serginho, Édson Sitta, Júnior Timbó (Zambi) e Erick; Leo Jaime (Élder Santana) e Thiago Santos (Jobinho)

Técnico: Leo Condé

Gol: Alemão (de pênalti), aos 49' 2/T

Cartão amarelo: Alemão

BATATAIS – 1 (8-P)

Matheus; Felipe, Rodrigo, Alexandre e Nichollas (Marcão); Bruno Formigoni, André Cunha (Juninho) (Thiago), Guilherme Noé e Raphael Toledo; Eliandro e Deivid

Técnico: Thiago Oliveira

Gol: Rafael Toledo, aos 24'1/T

Cartões amarelos: André Cunha, Nícolas, Felipe Gregory, Eliandro, Guilherme Noé e Matheus

 

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player